Fotos do Município

Aspectos Gerais

Home | Voltar
A CIDADE
 

Localizada às margens da Rodovia Marechal Rondon (SP-300), Guararapes possui 32 mil habitantes e faz parte da região administrativa de Araçatuba. O clima é quente e seco. A cidade, que na década de 1980 ficou conhecida como a “Terra do Bordado Industrial”, tem hoje economia baseada na atividade agropecuária com destaque para a cana-de-açúcar. Nos últimos seis anos, o município alavancou também seu perfil industrial e no primeiro semestre de 2015 foi considerado o primeiro em geração de empregos na região.

A rede de rios, ribeirões e córregos formada pelos Rio Aguapeí, ribeirões do Bálsamo e Jangada e os córregos Areia Branca, Aracanguá, Azul, Barra Grande, Borboleta, Corredeira, Divisa, Frutal, Jacarecatinga, Nascente, Nove de Abril e Três Pontes é grande atrativo natural e oferece suporte para projetos sustentáveis na agricultura.

 


Significado do Nome 
Vocábulo indígena que significa som produzido por queda ou pancada. 

Aniversário da Cidade 
8 de Dezembro 



Aspectos Históricos


 

A história de Guararapes, vocábulo indígena que significa som produzido por queda ou pancada, teve início em 1908, quando os irmãos Pinto de Oliveira (Antonio, Joaquim e Prisciliano), procedentes de Minas Gerais, mais precisamente de Varginha, compraram terras situadas entre os córregos Jacaré e Frutal e nelas se estabeleceram.

 

A chegada das primeiras famílias aconteceu em 1920, após a construção da estrada de Aguapeí-Tietê, por Manoel Bento da Cruz.

 

Em 1927, os irmãos Pinto de Oliveira, lotearam sua propriedade, e entregaram a administração do empreendimento à Companhia Paulista de Colonização Ltda.  Em 1928 foi feita a doação, para que se formasse o patrimônio. Nesse mesmo ano, com o avanço da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, foi projetada a construção de uma estação em terras dos irmãos Pinto de Oliveira, um pouco além do Córrego Frutal. Confiou-se ao Engenheiro Mário Barroso Ramos, o projeto de arruamento e loteamento, sendo o dia 8 de dezembro de 1928 escolhido para data oficial da fundação da cidade, tendo por Padroeira, Nossa Senhora Imaculada Conceição. Como parte das solenidades, estava prevista missa campal, em frente ao cruzeiro, construído para o evento. No entanto,chuvas torrenciais impediram a realização do ato religioso e as festividades foram realizadas em Araçatuba. Por causa da abundância de jaboticabeiras na região, denominou-se  o patrimônio de "Frutal".

 

Em  de dezembro de 1929, ocasião em que se comemorava o primeiro aniversário da fundação do povoado, Monsenhor Adauto Rocha, vigário da Paróquia de Araçatuba celebrou missa campal e abençoou o lançamento dos primeiros tijolos da Capela construída por Luís Ferreira.

 

No ano seguinte, foi inaugurada a Estação Ferroviária.

 

Na data da elevação do patrimônio à categoria de Distrito de Paz no município e comarca de Araçatuba, por meio do Decreto-Lei Estadual nº 6.546, de 10 de julho de 1934, o então Departamento das Municipalidades determinou a mudança do nome da cidade para GUARARAPES, em homenagem à "Batalha dos Guararapes", fato histórico nacional.   

 

O Distrito foi elevado à categoria de Município com base na Lei Estadual nº 2.833, de 5 de janeiro de 1937, emancipando-se politicamente de Araçatuba.

 

Sua instalação foi em 6 de junho de 1937.

 

Guararapes chegou à categoria de Comarca em 3 de dezembro de 1952, através da Lei nº 1940. A instalação da Comarca ocorreu em 29 de abril de 1.953.(DJE, 21.4.1.953, página 3).

Aspectos Físicos
Guararapes ocupa área de 959,1 km delimitado pelos municípios de Araçatuba, Bento de Abreu, Gabriel Monteiro, Piacatu, Rubiácea, Salmourão e Valparaíso. É um dos 15 componentes da microrregião da Alta Noroeste de Araçatuba. 

Entre os cursos de água, o Rio Feio ou Aguapeí, os Ribeirões Jangada e Bálsamo, os Córregos Azul, da Divisa, Barra Grande, 9 de Abril, Borboleta, Três Pontes, Frutal, Nascente, Jacarécatinga, Areia Branca, Aracanguá, Corredeira e Sergipe, formando uma rede que enriquece o solo e possibilita a construção de açudes e represas para uso das propriedades agrícolas.  Formam-se lagoas em quase todas as nascentes dos principais rios e afluentes. 


Aspectos Demográficos

 

O Município de Guararapes é formado por habitantes das mais variadas origens e nacionalidades: italianos, portugueses, libaneses, suíços, franceses, norte-americanos e japoneses. Guararapes conta hoje com uma população de 32 mil habitantes e com uma densidade demográfica de 28,59 habitantes por quilômetro quadrado.
É uma cidade que surgiu espontaneamente, mas seu traçado pré-estabelecido, obrigou aos seus ocupantes a fazerem construções obedecendo com regras. 
O traço urbano tem a forma de um tabuleiro de xadrez, com ruas retas e quarteirões quadrangulares.

A malha viária do município está estimada em 680 km. Sua posição geográfica, à beira da Rodovia Marechal Rondon (SP-300) é privilegiada. Além de ser estratégica para escoamento de insumos e  produtos, a via liga Guararapes a cidade de São Paulo, ao  estado do Mato Grosso e suas duas cidades de maior importância,   Campo Grande e Três Lagoas.  Há acesso também para a região da  Paulista, através da SP-294 e SP- 25. Sua proximidade com o Rio Tietê também possibilita escoamento de produção por transporte fluvial. 

Historicamente Guararapes tem sua economia ligada à exploração da atividade agrícola. Na década de 1930, o predomínio era das lavouras de café. Entre os anos de 1940 e 1960 houve expansão também do arroz e do algodão, que deu origem à primeira grande indústria do município, 
 a Óleos Menu, voltada para a produção de óleo comestível seus derivados e subprodutos.  Em 2015, o município apresenta características agroindustriais.

Empresas ativas: 2780, do total

 

164 são de grande e médio porte 

1796 pequenas e micro e,

828 Meis (Microempresários Individuais) 

 

As pequenas e microempresas são hoje base de sustentação econômica em diversos setores. Veja tabela com principais  representatividade dos ramos das MPES:

 

Comércio: 1.171 

Bares, restaurantes e lanchonetes: 324
I
ndústria de Transformação: 236
Construção: 189 

Transportes: 182 

Atividades administrativas: 176 

Serviços complementares: 101 

Agricultura e pecuária: 54 

Atividades científicas e técnicas: 52 

Educação: 41 


Guararapes tem ainda:
 

800 empreendedores rurais.  

Entre as grandes empresas, os destaques são para a Agropecuária Katayama, Ciapetro, Êxito Rural, Meridional (curtume), MUB, JBS (charqueada), Óleos Menu, Usina Unialco S/A e Vencetex.

Bancos: 5 agências - Banco do Brasil (2), Bradesco, Caixa Econômica Federal,  Copcred  e Santander 

Centro odontológico: 1 

Centro de saúde da mulher: 1 

Creches: 6 

Clubes sociais: 4 

Emissoras de rádio: 2 

Escolas estaduais: 3 

Escolas municipais: 9 

Ensino particular de várias naturezas: 23 

Faculdade: 1 

Jornais: 2 

Hospital: 1 

Hotéis: 5

Aspectos agropecuários

 
O surgimento do município de Guararapes está ligado ao avanço nacional da agricultura cafeeira na década de 30.                          
O desenvolvimento econômico do município contou com importantes fatores decorrentes: a estrada de ferro implantada no inicio do século e posteriormente a construção da Rodovia Marechal Rondon, que ligam a região aos principais centros comerciais e industriais. O Rio Tietê também abriu novas oportunidades de negócios com a Hidrovia Tietê-Paraná.

 

Dados Geográficos:

Mapa do estado com localização do município
Latitude: 21° 16’  35”
Longitude:    50°  37’  00” 
Altitude: 398 m

 

Área Total do Município: 95.910 hectares 
Área Rural: 89.480 hectares 
Área Urbana: 6.220 hectares

 

População Rural/Característica:

A população rural do município é composta de agricultores familiares, empregados rurais e produtores de diversos níveis social.

 

Clima:
Localizado entre os Trópicos de Câncer e de Capricórnio, as terras são aquecidas e iluminadas com maior intensidade. Portanto Guararapes possui um clima Tropical, com verão quente e chuvoso e inverno ameno e seco.

 

Tipos de solos:

Na composição do solo predomina o latossolo vermelho-escuro, fase arenosa, agrissolo vermelho-amarelo (PVA) Eutróficos mais agrissolos vermelhos distróficos e  eutróficos ambos testura arenosa/média e média, relevo suave ondulado + latossolo vermelhos distróficos textura média relevo plano todos a moderado . O espigão mestre (divisor de água), RioTietê e Rio Aguapeí ( Rio Feio), divide o município ao meio e separa as águas em direções opostas encaminhando-as, de um lado para a bacia do Tietê. 
Fonte:  http://www.guararapes.sp.gov.br/
 

Toponímia

Guararapes é um vocábulo indígena que significa estrondo dos tambores. Do tupi uarará’pe. Uarará - espécie de tambor indígena; e Pe - no (local).

Demografia

Dados do Censo - 2010

População total: 30.600[8]

·        Urbana: 28.326

·        Rural: 2.274

·        Homens: 15.092

·        Mulheres: 15.508

Densidade demográfica (hab./km²): 31,99

Taxa de alfabetização: 93,2%[9]

Dados do Censo - 2000

·        Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 10,20

·        Expectativa de vida (anos): 74,58

·        Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 1,79

·        Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,802

·        IDH-M Renda: 0,711

·        IDH-M Longevidade: 0,826

·        IDH-M Educação: 0,870

(Fonte: IPEADATA)

Economia

Produção - 2003

Algodão - 600 toneladas

Cana-de-açúcar - 1.563.920 toneladas

Feijão - 3.060 toneladas

Milho - 36.200 toneladas

Soja - 1.050 toneladas

Sorgo - 600 toneladas

Tomate - 45.000 toneladas

Borracha - 3.432 toneladas

Café - 462 toneladas

Manga - 26 toneladas

 

Pecuária - 2003

Bovinos - 86.799 cabeças

Equinos - 1.700 cabeças

Suínos - 5.400 cabeças

Asininos - 70 cabeças

Muares - 20 cabeças

Bubalinos - 60 cabeças

Ovinos - 3.800 cabeças

Galinhas - 1.450.000 cabeças

 

Empresas - 2003

Agricultura, pecuária, silvicultura e exploração florestal - 9 unidades

Indústrias de transformação - 138 unidades

Produção e distribuição de eletricidade, gás e água - 1 unidade

Construção - 6 unidades

Comércio; reparação de veículos automotores, objetos pessoais e domésticos - 667 unidades

Alojamento e alimentação - 178 unidades

Transporte, armazenagem e comunicações - 78 unidades

Intermediação financeira - 15 unidades

Atividades imobiliárias, aluguéis e serviços prestados às empresas - 35 unidades

Administração pública, defesa e seguridade social - 2 unidades

Educação - 16 unidades

Saúde e serviços sociais - 17 unidades

Infraestrutura

 

1 faculdade (Administração, letras e pedagogia),

1 hospital, 2 postos de saúde,

1 delegacia,

1 CIA de polícia militar(5ª CIA do 2º Batalhão - 2ºBPM/I do Interior Paulista de Araçatuba)

1 Tiro de guerra (T.G. 02073)

 

Famosos que nasceram nessa cidade

 

Hermano Henning - Jornalista brasileiro

Nelson Rubens - Jornalista e apresentador brasileiro 
Não sabe o significado de alguma palavra? Consulte aqui o glossário da Câmara.

Aspectos Gerais Conheça a Câmara Galeria de Fotos Licitações Notícias da Câmara Proposituras
Breve Histórico Contas Públicas Galeria de Presidentes Links Página Inicial Telefone Úteis
Comissões Permanentes Downloads Legislação Localização Prefeitos Vereadores
Comissões Temporárias Eventos Legislaturas Mesa Diretora

Avenida Marechal Floriano, 583 - Centro  Guararapes - SP  CEP: 16700-000
Fone: (18) 3606-5500 Fax: (18) 3606-5501
E-mail: secretaria@camaraguararapes.sp.gov.br
Horário de funcionamento: 12h as 18h

Copyright® 2017 - Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvido por SINO Informática

Selo de Aprovação de Site Acessível

Área Administrativa